A importância da divulgação da atividade parlamentar do Vereador.

Quero através deste Blog poder divulgar aos meus eleitores, e aos demais de Oliveira, das Zonas Rurais e Morro do Ferro minhas ações como Vereador e como representante dos Municípes oliveirenses à Câmara Municipal. Entendo que a atividade legislativa deve ser pautada pela coerência na vida pública alicerçada na ética e nos princípios que devem reger a administração pública. Como Vereador e remunerado com dinheiro público, devo prestar contas do meu trabalho em contra prestação à outorga da vontade popular que me elegeu com honrosos 741 votos e mais, promover a divulgação pública de minhas ações na atividade legislativa (criação de leis); fiscalizatória (do Poder Executivo - Prefeitura) e reivindicatória ( representar e pedir às necessidades de nossa Cidade). Isto, é respeito ao eleitor de Oliveira. È transparência.

Pesquisar este blog

domingo, 10 de janeiro de 2010

NOVA PERSEGUIÇÃO POLÍTICA EM OLIVEIRA

Venho denunciar mais uma clara e provada perseguição política por obra e arte do Prefeito Mun. Ronaldo Resende.
Na sexta-feira, 08/01, um funcionário da Secretaria Mun. Saúde telefonou para a FERNANDA Cunha Barbosa - "esposa" do ASSIS Pai do Vereador Reinaldo Assis - o "Prego" a demitindo sem justa causa e o mais grave, queriam obrigá-la a assinar o mês de janeiro de 2010 como AVISO PRÉVIO sendo que a mesma está em gozo de suas férias de período aquisitivo legalmente adquiridas, deferidas e já gozando das mesmas, considerando inclusive que a Fernanda já se encontrava naquela tarde da sexta-feira em viagem de lazer.
Para completar, na tarde de sábado 09/01, o Vereador PREGO telefonou ao Vereador Leonardo Leão, de Morro de Ferro, relatando o fato que, lhe disse, segundo o Vereador "Prego": "(...) enquanto você estiver acompanhando o Walquir você não será atendido e o que aconteceu é conseqüencia da sua postura de assinar as coisas junto com o Walquir(....)".
POrtanto, provada a perseguição política.
Quero emprestar minha solidariedade à Srta. Fernanda e repudiar mais uma vez este ato impessoal, desarazoado e sem motivação ( art. 37 da CF) do EL REY que mais uma vez prova quem é, um agente político que age contra direitos constitucionais assegurados.
Isto precisa ter fim. Nunca na história político administrativa da Administração Municipal se viu tanta perseguição quanto está que aí está. O funcionalismo público municipal não pode aceitar.
O PTB que faço parte repudia este ato e não aceita.
O PTB entende que chegou a hora de uma TOMADA DE CONTAS ESPECIAL pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário