A importância da divulgação da atividade parlamentar do Vereador.

Quero através deste Blog poder divulgar aos meus eleitores, e aos demais de Oliveira, das Zonas Rurais e Morro do Ferro minhas ações como Vereador e como representante dos Municípes oliveirenses à Câmara Municipal. Entendo que a atividade legislativa deve ser pautada pela coerência na vida pública alicerçada na ética e nos princípios que devem reger a administração pública. Como Vereador e remunerado com dinheiro público, devo prestar contas do meu trabalho em contra prestação à outorga da vontade popular que me elegeu com honrosos 741 votos e mais, promover a divulgação pública de minhas ações na atividade legislativa (criação de leis); fiscalizatória (do Poder Executivo - Prefeitura) e reivindicatória ( representar e pedir às necessidades de nossa Cidade). Isto, é respeito ao eleitor de Oliveira. È transparência.

Pesquisar este blog

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Carta ao Jornalista João Bosco Ribeiro

CARTA AO EDITOR


Ilmo Sr Jornalista
JOÃO BOSCO RIBEIRO

Senhor Editor,

com meus cumprimentos, sirvo-me através desta para fazer menção ao Editorial Gazeta de Minas, edição nº 2979, de 17 de janeiro de 2010, sob o título Enfraquecendo a governança- episódio do 13º salário do prefeito foi um erro coletivo, que gerou um grande desgaste político, e que poderia ter sido evitado com mínimo esforço.
A credibilidade de um grande jornal não se conquista da noite para o dia. É preciso anos de atividade jornalística pautada pela isenção e imparcialidade do seu conteúdo, cujo alvo é levar aos leitores a certeza da seriedade e da qualidade das informações. O editorial Enfraquecendo a governança é um exemplo disto.
Ainda existem, lamentavelmente, agentes políticos detentores de mandado eletivo e chefes de Executivos municipais que não têm sequer vergonha na cara e caráter, que atropelam a qualquer custo a moralidade, a legalidade, a ética, a impessoalidade para obterem vantagens para si próprios, a seu bel prazer, para saciarem sua ganância e ânsia de poder. Isto ocorre também noutras esferas da Administração Pública e, não raro, de modo desavergonhado mesmo em outros Poderes constituídos.
A imprensa brasileira, inclusa a de Oliveira, que é imparcial e sem vínculos com os Palácios dos Poderes, registra a verdadeira expressão do sentimento popular da sociedade brasileira que reage com indignação e repudia quando nos deparamos com atos de improbidade administrativa e de infrações políticas praticados por agentes políticos, a exemplo lamentável no recente episódio de recebimento do 13º salário do prefeito e de seu vice, fato que, mais uma vez, manchou com lama a história política da terra de Carlos Chagas no cenário nacional.
Ser vereador requer muito mais do agente político do que suas pretensões pessoais e eleitorais. Ao ser investido da outorga do mandado popular, o vereador recebe uma espécie de “procuração em branco” do seu eleitorado. Advém disto a responsabilidade em primeiro lugar com a proteção do interesse público de legislar, reivindicar, representar e principalmente fiscalizar com seriedade as ações demandantes de benefícios para a população. Esta conduta de ter primazia pelo interesse público não pode ser preterida pelas intenções e vontade pessoais dos mandatários dos Poderes.
Ao ser eleito vereador ofereci e coloquei meu nome à disposição do povo de Oliveira, Morro do Ferro, das comunidades rurais para exercer com dignidade, coerência e retidão a vida pública, pautando minhas ações legislativas firmadas no compromisso da ética e seriedade no trato da coisa pública. E assim continuarei a ser em minha missão, com disposição permanente e diuturna de servir a Oliveira, acreditando sempre ser possível o alcance de melhores dias em nível de qualidade de vida para nossa gente.
Reafirmo, pois, publicamente, minha parceria enquanto vereador com o prefeito municipal, no sentido de estar ao seu lado no que tange a projetos e programas para geração de emprego e renda e desenvolvimento do município.
Contudo, reitero que jamais abrirei mão de minhas convicções pessoais, ideológicas e políticas com cujo legado pauto minha vida pública legislativa.
Ao contrário de episódios que denigrem a imagem dos Poderes Públicos, tenho por suporte irremovível os preceitos da Constituição Federal, os princípios da Lei Orgânica Municipal e dos Direitos Humanos e, igualmente da confiança e sabedoria do povo.

Respeitosamente

WALQUIR AVELAR
Vereador

Nenhum comentário:

Postar um comentário